Tendências Country- New Era

As botas cowboy estão por todo o lado. E se achavas que iam embora, podemos apostar contigo que não!

Depois do fenómeno mundial da música, Beyonce, lançar no passado dia 29 de março o seu álbum novo, “ Cowboy Carter “, não podemos negar que toda a estética Country será oficialmente uma febre!

Mas como é que tudo isto começou?

O retorno da estética cowboy, impulsionada pela popularidade das botas cowboy, teve um impacto significativo na moda a partir de 2019, quando o rapper Lil Nas X viralizou com o seu single "Old Town Road". A música ganhou destaque no TikTok e no vídeo de lançamento com Billy Ray Cyrus, pai de Miley Cyrus, que ajudou a consolidar o estilo country como uma tendência cultural. A autenticidade de Lil Nas X ao adotar esse estilo nos seus concertos e eventos contribuiu para tornar as cowboy boots um item de moda desejável por muitos. 

A partir daí, a febre foi só aumentando, especialmente no Tik Tok, onde muitos utilizadores da plataforma foram altamente influenciados pela tendência.

 

Para a Beyonce, não foi difícil encaixar-se nesta febre, ela claramente já previa o que estava por vir. Em agosto de 2021, lançou uma coleção Ivy Park x Adidas chamada Rodeo. A coleção contou com itens para além das famosas botas, como chapéus, calças largas, estampas de vaca, tons castanhos, cintos com fivelas grandes e casacos de ganga. Este lançamento foi mais um indicativo claro do impacto duradouro da tendência, sendo adotado por grandes figuras da cultura pop e influenciando marcas com grande nome na moda. 

Mas o que ninguém esperava, é que era só o começo. 

Em 2022, a tendência da estética cowboy ganhou um novo capítulo com as primeiras imagens do filme da Barbie, dirigido por Greta Gerwig. A versão rosa, chamativa e lúdica da estética cowboy rapidamente se tornou uma febre. O chapéu de cowboy e as botas invadiram os festivais de música e eventos de moda, enquanto o look da personagem interpretada por Margot Robbie foi copiado em todo o mundo em disfarces de Halloween e Carnaval. 

Esta fusão entre o estilo country e o mundo cor-de-rosa da Barbie, uma das bonecas mais icónicas do mundo, trouxe uma nova dimensão à tendência cowboy, tornando-a ainda mais acessível e divertida para um público amplo. A estética extravagante e vibrante do filme Barbie trouxe uma energia única para a moda, inspirando pessoas a incorporarem elementos do mundo cowboy nos seus próprios looks de uma maneira mais criativa e brincalhona.

Com o fim da Renaissance World Tour e a febre Barbie já tendo atingido seu auge na metade de 2023, parecia que a tendência natural era que a estética de cowboy começasse a chegar ao fim. No entanto, era só o começo. 

Em janeiro deste ano, na Fashion Week Masculina de Paris, Pharrell Williams fez da passarela um evento da Louis Vuitton. Resgatando a cultura “western” como pertencente aos povos nativos e à comunidade negra, a coleção trouxe franjas, jeans, couro, chapéus, gravata tie, xadrez, cintos e botas de cowboy. 

E foi com um look Louis Vuitton, inspirado nessa coleção, que a Beyonce compareceu ao grammy de 2024, um mês depois. Com um conjunto de couro preto, camisa branca, cinto com a logo da marca e chapéu de cowboy, a cantora intensificou os rumores de que o seu próximo álbum envolveria música country de alguma forma.

 

E é aqui que chegamos ao fenómeno que realmente tem parado a internet nos últimos dias. O fenómeno do novo álbum da Beyonce, “Cowboy Carter”, já falado muito antes da sua data de lançamento, 29 de março, que veio para confirmar todo o crescimento da tendência. Desde que a fase do seu último álbum "Renaissance" terminou, a artista tem investido em produções Country, tornando-se uma grandes responsáveis pelo retorno da estética na moda.  

Na capa do álbum, a Beyoncé usou um conjunto da marca Busted, feito sobre medida para ela, e botas Paris Texas. A roupa é toda feita de látex e traz as cores da bandeira dos Estados Unidos. Ela está vestida como uma "rodeo queen", título de quem ganha os concursos de miss rodeio e é responsável por representar a sua comunidade através do desporto.

 

A divulgação do álbum foi acompanhada por uma arte intrigante, com a Beyoncé montada num cavalo com a bandeira dos Estados Unidos, evocando uma atmosfera patriótica. No Instagram, com uma legenda longa e surpreendentemente reveladora ,a  Beyoncé compartilhou que o álbum foi inspirado numa experiência pessoal na qual ela não se sentiu bem-vinda, e que levou mais de cinco anos para ser feito. Este gesto mostra não apenas a profundidade do trabalho artístico da Beyoncé, mas também a sua vontade de compartilhar experiências pessoais e emocionais com os fãs.

Portanto, e ao que tudo indica, estamos a viver uma nova era do country na moda. Desta vez mais tradicional, sem deixar de ser atual, e com o protagonismo de elementos para além da botas cowboy, como os cintos, as gravatas, o couro e itens jeans.

Será esta a “consagração” do country como uma estética atemporal e longe de estereótipos? À medida que mais artistas, designers e influenciadores abraçam e reimaginam o country, é provável que continuemos a ver a sua evolução e expansão para além de quaisquer preconceitos ou expectativas anteriores. Esta era pode de facto representar um momento significativo na história da moda e da cultura, onde o country é celebrado pela sua versatilidade, autenticidade e apelo duradouro.

E se tu, como nós, também estás obcecada e queres entrar na tua "country era", deixamos te aqui os nossos itens que abraçam esta tendência!

 

Artigo anterior Artigo seguinte